Bolsonaro anuncia Gleisi Hoffmann no Ministério da Fazenda

28out2018_16h41
Gleisi pretende dar quantas entrevistas forem necessárias de forma a evitar que o comunismo petista volte ao poder
Gleisi pretende dar quantas entrevistas forem necessárias de forma a evitar que o comunismo petista volte ao poder

PLOT TWIST – “É o mínimo que eu poderia fazer para agradecer pela ajuda dela, né, xará?”, disse o presidenciável Jair Bolsonaro, em referência à presidente do PT, Gleisi Hoffmann, que declarou ontem, à imprensa, que o maior presente para Lula seria uma vitória eleitoral que resultasse em sua saída da prisão. “Por um momento eu até temi que o Haddad pudesse virar, mas aí veio esse elemento surpresa fazendo um gol contra, de placa, do meio de campo, aos 45 do segundo tempo. Craque é craque.”

Embora tenha menosprezado as mulheres e prometido metralhar a petralhada, Bolsonaro se viu obrigado a abrir uma exceção em seu ideário, de forma a dar um cargo à deputada. “Convidei ela pra Fazenda, no lugar do Paulo Guedes. Ele de vez em quando fala umas besteiras, tipo o lance da CPMF, que me atrapalham, mas a Gleisi é perfeita, nunca falha na destruição do PT.”

Caso Gleisi não aceite o cargo, Bolsonaro não descarta fechar o STF e mudar a Constituição de forma a colocá-la na vice-presidência da República. “Pra mim seria uma situação muito mais segura, porque eu não sei bem o que o Mourão pensa da vida. Já com a Gleisi estou certo que a coisa que ela menos quer no mundo é ver um petista no poder.”