Na revista

piauí_148

Janeiro_2018

ou
Ver Todas

figuras brasileiras

Juventude bolsonarista

A extrema direita sai do armário no Brasil

tribuna livre da luta de classes

Sofística e polícia política

Olavo de Carvalho, Bolsonaro e a ideologia

Ruy Fausto

despedida

Escola sem abrigo

Por que a “Universidade Soros” vai sair da Hungria

Rafael Cariello

questões brasileiras II

Genocídio

Em reportagem de 1969, o extermínio sem fim dos índios no Brasil

Norman Lewis

figuras da república

Exército de uma mulher só

Como Joênia Wapichana se tornou a primeira indígena a chegar à Câmara dos Deputados

Adriana Negreiros

piauí herald

The BolsozApp Herald

A rede social mais patriótica do Brasil

Olegário Ribamar

poesia

Cada um tem seu silêncio

Cordel do incrível encontro de Buster Keaton e Samuel Beckett em Nova York e do Film que fizeram lá

Felipe Fortuna

questões brasileiras I

Povos da megadiversidade

O que mudou na política indigenista no último meio século

Manuela Carneiro da Cunha

quadrinhos

Fiel Casto

O ditador da castidade e da fidelidade

Allan Sieber

esquina

Os sem foro

O temor velado dos políticos não eleitos

Flávia Tavares

Subterrâneos da fama

O sucesso da banda do Metrô

Fabio Victor

Batman recua

Das ruas aos quartos de hospital

Luigi Mazza

Saindo de uma fria

O dilema sobre um pinguim cego

Cláudia de Castro Lima

A altiva de Rio Claro

A maior palmeira-imperial do mundo

Mônica Manir

Los Supercívicos

Humor contra as mazelas urbanas

Roberto Kaz

As PHoDonas

Uma trincheira feminista na UFRJ

Yasmin Santos

chegada

Crusoé, Peter Pan e Quindim

Um refúgio para a literatura infantojuvenil na Serra Gaúcha

Leonardo Pujol

colaboradores

Nadia Khuzina [Capa] é artista russa.

 

Leonardo Pujol [Crusoé, Peter Pan e Quindim, p. 7] é jornalista e sócio-diretor da República – Agência de Conteúdo.

 

Olegário Ribamar [The BolsozApp Herald, a partir da p. 13] é interventor e censor na rede social mais patriótica do Brasil.

 

Consuelo Dieguez [Juventude bolsonarista, p. 14], repórter da piauí, é autora da coletânea de perfis Bilhões e Lágrimas, da Companhia das Letras. Foto de J. R. Duran.

 

Ruy Fausto [Sofística e polícia política, p. 24], professor emérito da USP, é doutor em filosofia pela Universidade Paris I. Publicou Marx: Lógica e Política, Investigações para uma Reconstituição do Sentido da Dialética (vol. 1 e 2 pela Brasiliense; vol. 3 pela Editora 34). A Vozes republicou o primeiro volume da série, sob o título Sentido da Dialética (Marx: Lógica e Política). Ilustração de Roberto Negreiros.

 

Adriana Negreiros [Exército de uma mulher só, p. 30], jornalista freelancer, foi editora das revistas Playboy e Claudia. Publicou Maria Bonita: Sexo, Violência e Mulheres no Cangaço, pela Objetiva.

 

Manuela Carneiro da Cunha [Povos da megadiversidade, p. 36], antropóloga, professora titular aposentada da USP
e professora emérita da Universidade de Chicago, é autora de Índios no Brasil: História, Direitos e Cidadania, da Claro Enigma, entre outros.

 

Norman Lewis (1908-2003) [Genocídio, p. 40], escritor e jornalista britânico, é autor de A Máfia por Dentro, da Civilização Brasileira. Texto originalmente publicado na Sunday Times Magazine em 1969, e depois publicado no livro A View of the World, pela editora Eland. A repercussão do artigo estimulou a criação da Survival International, uma organização que trabalha pelos direitos dos povos indígenas no mundo inteiro. Tradução de Renato Marques de Oliveira.

 

Allan Sieber [Fiel Casto, p. 54], humorista, ilustrador, quadrinista e artista plástico, é autor de Perca Amigos, Pergunte-me Como, da Mórula, entre outros.

 

Felipe Fortuna [Cada um tem seu silêncio, p. 58] é poeta, ensaísta e diplomata. Publicou O Mundo à Solta, pela Topbooks, e O Rugido do Sol, pela Pinakotheke, ambos de poesia.

 

Rafael Cariello [Escola sem abrigo, p. 65] é roteirista do Conversa com Bial, da Rede Globo. Foi editor da piauí e correspondente da Folha de S.Paulo em Nova York.

 

Ilustrações de Esquina por Andrés Sandoval.