Na revista

piauí_64

Janeiro_2012

ou
Ver Todas

questões histórico-políticas

Conciliação, de novo

Um acordo do alto escalão em Brasília impede que assassinos e torturadores na ditadura sejam julgados

Consuelo Dieguez

memórias religioso-musicais-ludopédicas

No fim da infância

Até eu duvido que saí de Londrina com a fanfarra do Colégio Marista e fui ao Maracanã tocar e desfilar no jogo do Santos contra o Milan, na final do Mundial Interclubes de 1963

Arrigo Barnabé

questões político-futebolísticas

Peixe no aquário

Romário é considerado um dos melhores deputados federais e está cada vez mais à vontade na política. Mas ainda não sabe se isso é bom ou ruim

Clara Becker

diário da Dilma

Que em 2012 eu pule as sete ondas com ELE!

Ser presidenta tem seu lado bom. Não pego fila em aeroporto e sentei ao lado da Griselda

64

questões quase urbanas

Flor de plástico

O que aconteceu quando Jaguaribara foi inundada por um açude e deu origem à primeira cidade planejada do Ceará, com avenidas largas, casas e saneamento para todos

Paula Scarpin

anais do crime

Dostoiévski em Saquarema

O desaparecimento no Brasil da viúva de um bilionário, amigo de Getúlio e JK, se volta contra político que é amigo do presidente de Portugal

Plínio Fraga

quadrinhos

Uma vida constipada

Depois que o menino mais bonito da escola me viu no banheiro, meu intestino travou para todo o sempre

Robert Crumb

questões lítero-antropológicas

O mitólogo

Artista manqué e manipulador de narrativas, Lévi-Strauss foi um grande escritor na arte da retórica

Perry Anderson

questões históricas

Humor e política nos anos 30

Fascistas e comunistas faziam graça na véspera do golpe

Cláudio Figueiredo

vida de artista

Um nome a zerar

Celso Sim treinou para fazer arte cantando editoriais do Estadão

Raquel Freire Zangrandi

questões psicocinematográficas

Monstro perigoso

Em Lisboa, David Cronenberg diz que seu filme retrata o triângulo amoroso de Freud, Jung e Sabina Spielrein

Paulo Nogueira

ficção

O pianista mascarado

Ninguém era obrigado a compreender. Os passantes escutavam aquela música sem saber que ela representava a vida de uma garota

Eliane Torralba

chegada

Neura nas alturas

Afivelado na poltrona e condenado a ouvir tudo o que não quer

Paula Scarpin

despedida

O fio perdido

Também as boas maneiras foram se perdendo com a aposentadoria do telefone fixo

Dorrit Harazim

portfólio_COREIA DO NORTE

A obra maior do Querido Líder: o vazio

Desfiles monumentais, manifestações coreografadas e imagens no plural não são o foco da lente de Guttenfelder. Ele fez um retrato melancólico e dolorido da solidão de um país

64

esquina

Hífen não é detalhe

Pode um traço de união mudar o pensamento político de um homem?

Plínio Fraga

Solução redonda

Para onde vão os turistas quando faltam hotéis no Rio

Claudius Ceccon

Previdência funesta

Dona Erilda deixou pronto o cardápio do funeral

Felipe Sáles

Boa-noite e amém

Uma tarde de autógrafos com Cid Moreira

Renato Terra

Tem papinha na plateia

A primeira infância vai ao teatro

Fábio Fujita

Lenços ao vento

Uma festa ecumênica para celebrar a cultura cigana

Dafne Sampaio

Coreógrafa de percursos

Uma jovem arquiteta brasileira em ascensão revisita o passado

Bernardo Esteves

cartuns

Cartuns de Zuca Sardan

Zuca Sardan

poesia

Maçã

Eu poderia simplesmente aguentar firme o formigamento e tocar em frente como todo mundo

Airton Paschoa

colaboradores

Futebol no ano-novo

Reportagem de Clara Becker e memórias de Arrigo Barnabé

Airton Paschoa