Na revista

piauí_153

Junho_2019

ou
Ver Todas

questões brasileiras

O meio ambiente como estorvo

A guerra aberta e a guerra velada entre o governo Bolsonaro e as forças que resistem ao desmatamento

Bernardo Esteves

questões ambientais

Desastres em cascata

O sistema climático sob o qual foi criada a civilização está morto

David Wallace-Wells

dramas cariocas

No meio do caminho tinha um assacu

A longa batalha jurídica para salvar uma árvore amazônica em Copacabana

Roberto Kaz

questões cinematográficas

Democracia corrompida

Políticos, empresários e partidos em vertigem no documentário de Petra Costa

Eduardo Escorel

vultos brasileiros

Hércules do Morro

Quando o homem mais forte do Pavão-Pavãozinho fraquejou

Armando Antenore

anais da pintura

Rembrandt no sangue

Um aristocrata descobre quadros do mestre holandês

Russell Shorto

obituário

Um engenheiro e suas obras imateriais

As pesquisas pioneiras de Mauricio Peixoto na matemática

Fernando Tadeu Moraes

quadrinhos

O que eu quero ser quando morrer

Ou o completo manual de instruções do meu próprio velório

Andrício de Souza

poesia

Ó filho da morte, não lhe desejamos a morte

Que viva insone cinco milhões de noites

Primo Levi

chegada

Amarelo sobre verde

Quilombolas fazem primeira colheita de milho após sua técnica de plantio virar patrimônio imaterial

Vitor Hugo Brandalise

esquina

O coach evangélico

Aulas de liderança com o pastor Silas Malafaia

Luigi Mazza

O lateral de esquerda

Igor Julião defende o trabalhador

Tiago Coelho

A revolta das carroças

Uma profissão centenária em risco

Leandro Aguiar

De chuteira e laço

Nati é craque entre os meninos

Maurício Frighetto

Cliques no arranha-céu

O novo début do velho Martinelli

Vitor Hugo Brandalise

Black money

Uma livraria afrocentrada

Ana Carolina Santos

A rainha dos pés

Noites de fetiche ao lado do Vaticano

Lucas Ferraz

despedida

Morte por encomenda

A eutanásia desnecessária em bichos de estimação

Mônica Manir

piauí herald

The BolsozApp Herald

A rede social mais patriótica do Brasil

cartuns

Cartuns de Reinaldo Figueiredo

Reinaldo Figueiredo

colaboradores

Adão Iturrusgarai [Capa], cartunista e ilustrador, edita o blog A Vida Como Ela Yeah e publica na Folha de S.Paulo.

 

Vitor Hugo Brandalise [Patrimônio quilombola, p. 5], jornalista, é autor de O Último Abraço: Uma História Real sobre Eutanásia no Brasil, pela editora Record​.

 

Olegário Ribamar [The BolsozApp Herald, p. 11] é professor doutor Ph.D. (sanduíche) e reitor de fragata da UFCSISCSBSAF.

 

Bernardo Esteves [O meio ambiente como estorvo, p. 16], repórter da piauí, é autor do livro Domingo É Dia de Ciência, da Azougue Editorial.

 

Reinaldo Figueiredo [Cartuns a partir da p. 18], desenhista, humorista e músico carioca, é um dos criadores do Casseta & Planeta e toca contrabaixo na Companhia Estadual de Jazz. É colunista da Folha de S.Paulo e lançou A Arte de Zoar pela Objetiva.

 

Roberto Kaz [No meio do caminho tinha um assacu, p. 28], repórter da piauí, é autor do Livro dos Bichos, pela Companhia das Letras. Foto de Marcos Michael.

 

David Wallace-Wells [Desastres em cascata, p. 34] é jornalista norte-americano especializado em mudança climática. Trecho do livro A Terra Inabitável: Uma História do Futuro, que a Companhia das Letras lança em julho. Tradução de Cássio de Arantes Leite.

 

Eduardo Escorel [Democracia corrompida, p. 46], cineasta, é diretor de Imagens do Estado Novo 1937-45.

 

Armando Antenore [Hércules do morro, p. 52] é editor da piauí e autor de O Blog das Perguntas e de três livros infantis: Júlia e CoióRita Distraída e Sorri, Lia!, todos lançados pela SM.

 

Fernando Tadeu Moraes [Um engenheiro e suas obras imateriais, p. 58] é jornalista e escreve editoriais para a Folha de S.Paulo. Ilustração de Caio Borges.

 

Andrício de Souza [O que eu quero ser quando morrer, p. 62], cartunista, publicou o livro de quadrinhos O Intestino Eloquente, pela editora Espirro.

 

Russell Shorto [Rembrandt no sangue, p. 68] é colaborador da New York Times Magazine, na qual o artigo foi publicado originalmente. É autor de A Ilha no Centro do Mundo e Os Ossos de Descartes, ambos pela Objetiva. Tradução de Sergio Flaksman.

 

Primo Levi (1919-87) [Poesia, p. 78], escritor e poeta italiano. Sua experiência como sobrevivente do campo de concentração de Auschwitz, durante a Segunda Guerra Mundial, foi retratada em É Isto um Homem?, publicado no Brasil pela Rocco. Os poemas integram a antologia Mil Sóis, que a Todavia lança em julho. Tradução de Maurício Santana Dias. Ilustrações de Veridiana Scarpelli.

 

Mônica Manir [Morte por encomenda, p. 82] é jornalista com mestrado e doutorado em bioética. Ilustração de Roberto Negreiros.

 

Ilustrações de Esquina por Andrés Sandoval