Na revista

piauí_flip_2019

Julho_2019

ou
Ver Todas

inédito

manuscrito inédito

O pranto dos livros

Texto de 17 de janeiro de 1997, extraído de um dos quase cem cadernos deixados pelo autor de Formação da Literatura Brasileira

Antonio Candido

carta da venezuela

O inferno de Maracaibo

A vida cotidiana num país em ruínas

Paula Ramón

questões de ontem e hoje

El Salvador

A respeito da força e da fragilidade

João Moreira Salles

história pessoal

Meus avós em ruínas

Por que não consigo me livrar do apartamento modernista que herdei há cinco anos?

Carol Bensimon

esquina

Futuro do pretérito

Um baú de velhas novidades

Paula Scarpin

Os enigmistas

Um passatempo em extinção

Bernardo Esteves

Os livros da selva

A melhor livraria sobre a Amazônia

Fabiano Maisonnave

cartuns

Cartuns de Adão Iturrusgarai

Adão Iturrusgarai

colaboradores

Peter van Dongen [Capa], cartunista e ilustrador holandês, publicou em português a HQ O Vale dos Imortais (da série As Aventuras de Blake e Mortimer), pela editora Asa.

 

João Moreira Salles [El Salvador, p. 10] é documentarista e editor da piauí.Dirigiu SantiagoEntreatos e Nelson Freire, entre outros. Poema de Roque Dalton traduzido por Caetano Galindo. Foto de Alcino Leite Neto.

 

Adão Iturrusgarai [Cartuns a partir da p. 12], cartunista e ilustrador, edita o blog A Vida Como Ela Yeah e publica na Folha de S.Paulo.

 

Antonio Candido de Mello e Souza (1918-2017) [O pranto dos livros, p. 16] foi ensaísta, sociólogo, crítico literário e professor de literatura. Publicou, entre outros livros, A Educação pela Noite e
O Discurso e a Cidade, ambos pela Ouro sobre Azul. Foto de Cristiano Mascaro.

 

Paula Ramón [O inferno de Maracaibo, p. 18], jornalista venezuelana, é correspondente da AFP em São Paulo. Tradução de Sérgio Molina e Rubia Goldoni.

 

Carol Bensimon [Meus avós em ruínas, p. 26] é escritora. Publicou O Clube dos Jardineiros de Fumaça pela Companhia das Letras.

 

Wisława Szymborska (1923-2012) [Correio literário, p. 32], poeta polonesa, ganhou o Prêmio Nobel de Literatura de 1996. No Brasil, publicou, entre outros livros, a coletânea de poemas Um Amor Feliz, pela Companhia das Letras. O texto integra o livro Poczta Literacka, inédito no Brasil. Tradução e apresentação de Regina Przybycien. Ilustração de Roberto Negreiros.

 

Mbate Pedro [Algumas canções sobre a angústia, p. 38], escritor, poeta e médico moçambicano. O poema integra o livro Vácuos, que está sendo lançado na Flip pela Cepe Editora. No dia 12 de julho, o autor participa de uma conversa com Selma Caetano, curadora do Prêmio Oceanos, na casa Paratodxs. Ilustração de Celso Yok Chan.

 

Ilustrações de Esquinas por Andrés Sandoval.