Na revista

piauí_82

Julho_2013

ou
Ver Todas

anais da aviação

A disputa que matou a Varig

Como as divergências no governo Lula selaram o fim da empresa e deixaram a aviação civil brasileira nas mãos dos estrangeiros

Consuelo Dieguez

tribuna livre da luta de classes

O direito à cidade

A qualidade da vida urbana virou uma mercadoria. Há uma aura de liberdade de escolha de serviços, lazer e cultura – desde que se tenha dinheiro para pagar

David Harvey 

questões religiosas

Via-sacra

Histórias de fé numa típica rua do Brasil

Paula Scarpin

Triunfo e tormento

Como Cabra Marcado para Morrer ensinou Eduardo Coutinho a interagir com seus personagens e a lidar com o particular e o concreto

Eduardo Escorel

questões crônicas & agudas

No epicentro da barafunda

Os cronistas entre a medida do homem ao rés do chão e a desmedida industrial da televisão

Mario Sergio Conti

diário da Dilma

Malandro é o canguru, que já nasce com Bolsa Família

Maio foi um mês terrível, preciso começar junho com o pé direito

carta do oriente

Uma em um bilhão

O que faz uma escritora brasileira em um festival literário em Macau

Vanessa Barbara

tipos brasileiros

O pit bull de passeata

Fiz uma versão maneiríssima da musiquinha “Eu sou baderneiro/ com muito orgulho/ com muito amor” com batida eletrônica

Renato Terra

crônica

Alô, Bozo?

Percebi pelo tom de voz que ele esperava alguma coisa do telefonema. Se minha mãe dizia estar ocupada quando eu ligava no trabalho dela, imagina só a pessoa mais importante da televisão

Antonio Prata

chegada

O som ao redor

As revoltas de junho e os ventos conservadores no caminho de Dilma

Fernando de Barros e Silva

despedida

Sobrou para o PSTU

Agremiação trotskista com apenas dois vereadores não escapou da fúria contra os partidos, mas já faz planos para o pós-revolução

Nonato Viegas

esquina

Rebelião

Relâmpago, fagulha e incêndio num fim de outono

Mario Sergio Conti

Copa das conflagrações

Dilemas político-esportivos de um jovem comunista no Mineirão

Nuno Manna

Guerra dos memes

Na transmissão dos protestos, surge um novo tipo de jornalismo

Ronaldo Bressane

Orquestrando a revolta

A fanfarra do M.A.L. não corre quando a polícia bate

Juliana Cunha

Nova York chamando

Dois jovens são assediados para explicar o que ninguém entende

Claudia Antunes

Apologia do vinagre

O ácido acético entra para a pauta da política nacional

Vanessa Barbara

Setecentos dias na praça

Cineasta veterano da revolta no Egito tira férias nos protestos turcos

Petra Costa

anais da história

Tiros na fronteira

Como o irmão de Getúlio Vargas conspirou com radicais argentinos e complicou a política externa brasileira

Lira Neto

cartuns

Voz rouca das ruas

Claudius Ceccon

poesia_FABRÍCIO CORSALETTI

Vestido de batalha

Viva a sopa de lentilhas, sem ela não há poetas

Fabrício Corsaletti

quadrinhos

O sentido da vida

No final vamos todos para o mesmo lugar

Uwe Heidschötter

colaboradores

Murat Palta [Capa] é designer gráfico e mora em Istambul.

 

Fernando de Barros e Silva [O som ao redor] é diretor de redação de piauí e autor de Chico Buarque, da Publifolha.

 

Claudius Ceccon [ChegadaDespedida e cartuns] é cartunista carioca. Dirige o Cecip, Centro de Criação de Imagem Popular.

 

Consuelo Dieguez [A disputa que matou a Varig] é repórter de piauí e coautora da coletânea de perfis Vultos da República, da Companhia das Letras, publicada originalmente em piauí.

 

Dilma Rousseff [Malandro é o canguru, que já nasce com Bolsa Família] é presidenta da República. Seu ghost-writer não autorizado é Renato Terra, repórter de piauí. Ilustração de Caco Galhardo.

 

Paula Scarpin [Via-sacra] é repórter de piauí. Ilustração de Carla Caffé.

 

Renato Terra [O pit bull de passeata] é repórter de piauí e codiretor, com Ricardo Calil, do documentário Uma Noite em 67.

 

David Harvey [O direito à cidade] é geógrafo marxista inglês e professor da City University de Nova York. Artigo originalmente publicado na New Left Review em 2008. Tradução de Isa Mara Lando.

 

Vanessa Barbara [Uma em um bilhão] jornalista, escritora e colunista da Folha de S.Paulo. Lançará Noites de Alface no segundo semestre, pela Alfaguara.

 

Lira Neto [Tiros na fronteira] é jornalista e escritor. O texto integra o segundo volume da trilogia Getúlio, a ser lançado pela Companhia das Letras em agosto.

 

Eduardo Escorel [Triunfo e tormento] é cineasta e montador do filme Cabra Marcado para Morrer. É diretor do documentário Paulo Moura – Alma Brasileira. O ensaio é um trecho do livro Eduardo Coutinho, organizado por Milton Ohata, que a Cosac Naify lançará em outubro.

 

Uwe Heidschötter [O sentido da vida] é diretor de filmes de animação e ilustrador alemão. Mora em Berlim.

 

Mario Sergio Conti [No epicentro da barafunda] é repórter de piauí e autor de Notícias do Planalto, da Companhia das Letras. Apresenta o programa Roda Viva, da tv Cultura.

 

Antonio Prata [Alô, Bozo?] é colunista da Folha de S.Paulo e escritor. A crônica é parte da coletânea Nu, de Botas, que sairá em outubro pela Companhia das Letras.

 

Fabrício Corsaletti [Vestido de batalha], poeta, é autor de Estudos para o Seu Corpo e Esquimó, da Companhia das Letras, e da novela Golpe de Ar, da Editora 34. É colunista da Folha de S.Paulo.

 

Nonato Viegas [Sobrou para o PSTU] é repórter e produtor executivo da Rádio Tupi.

 

Ilustrações de Esquina por Andrés Sandoval.