Na revista

piauí_161

Fevereiro_2020

ou
Ver Todas

questões da República

Escola sem partido

A fábrica de gestores públicos do RenovaBR

Luigi Mazza

questões da pós-verdade

O negacionismo no poder

Como fazer frente ao ceticismo que atinge a ciência e a política

Tatiana Roque

vultos da internet

O grande plano

Os métodos de Jeff Bezos, o dono da Amazon, para fazer o mundo aceitar os seus valores

Franklin Foer

questões médicas

Sexo, drogas e mais drogas

A pílula das mulheres e a dos homens

Thomas Hager

ficção

Os preços baixaram

Dá uma nota de mil-réis e quero ver ele queimar

Alejandro Chacoff

chegada

Sardinhas versus tubarões

O movimento dos jovens italianos contra o populismo de extrema direita

Lucas Ferraz

quadrinhos

Como ser hipster

Uma HQ educativa

Caco Galhardo

anais do carnaval

O golden shower do menino Carluxo

Nadia Khuzina

piauí herald

Der BolsoZappen Reichszeitung

A rede social mais nacional-socialista do Brasil

OleJoseph Ribamar

esquina

O trabalho e os guias

Um dia no Santuário Nacional da Umbanda

Rafael Cariello

Feijoada suíça

Restaurante homenageia Paulo Freire

Valéria Maniero

Utopia na roça

Uma sertaneja e a ditadura militar

Carolina Bataier

Um homem público

As orações fúnebres de Seu Ary

Thayz Guimarães

Além do oásis

Um maître se aposenta

Carlos Adriano

Agruras de uma deputada

As polêmicas de Joacine Katar

Gian Amato

Segue o baile

A volta do DJ mais badalado do funk

Tiago Coelho

concurso literário

Oportunidades e visões

O vencedor e os finalistas desta edição

despedida

13 mil volts

Um gari eletrocutado enquanto colhia manga no pé

Mônica Manir

colaboradores

Caio Borges [Capa] é artista gráfico e sócio do Estúdio Onze. Ilustrou o livro De A a Z Eróticas, de Sheila Hafez, pelo selo Laranja Original da editora Neotropica.

 

Lucas Ferraz [Sardinhas versus tubarões, p. 8], jornalista brasileiro baseado em Roma, foi correspondente em Buenos Aires e repórter em Nova York, Brasília e São Paulo.

 

OleJoseph Ribamar [Der BolsoZappen Reichszeitung, p. 15] é o ministro da Propaganda do Décimo Sétimo Reich. Seu ghost-writer é Roberto Kaz, repórter da piauí e autor de O Livro dos Bichos, editado pela Companhia das Letras.

 

Luigi Mazza [Escola sem partido, p. 18] é repórter da piauí, produtor da rádio piauí e diretor do podcast Foro de Teresina.

 

Tatiana Roque [O negacionismo no poder, p. 28] é professora de matemática, história das ciências e filosofia da UFRJ, e coordenadora do Fórum de Ciência e Cultura. É  filiada ao Psol e autora de História da Matemática: Uma Visão Crítica, Desfazendo Mitos e Lendas, publicado pela Zahar.

 

Franklin Foer [O grande plano, p. 34] é repórter da revista The Atlantic, onde a reportagem foi publicada originalmente.
É autor de O Mundo que Não Pensa: A Humanidade Diante do Perigo Real da Extinção do Homo Sapiens, lançado pela editora LeYa. Tradução de Sergio Flaksman.

 

Thomas Hager [Sexo, drogas e mais drogas, p. 46] é um escritor
de não ficção especializado em temas científicos. O texto integra o livro Dez Drogas: Como Plantas, Pós e Comprimidos Moldaram a História da Medicina, a ser lançado em março pela Todavia. Tradução de Antônio Xerxenesky.

 

Caco Galhardo [Como ser hipster, p. 52], cartunista e roteirista, publica diariamente a tirinha Daiquiri, na Folha de S.Paulo. Lançou recentemente a coletânea Cinco Mil Anos – E (Quase) Todas as Tiras pela Companhia das Letras.

 

Alejandro Chacoff [Os preços baixaram, p. 56] é escritor, ensaísta e crítico literário da piauí. O texto é um capítulo de Apátridas, o romance de estreia do autor, a ser lançado em março pela Companhia das Letras. Ilustração de Pedro Franz.

 

Nadia Khuzina [Anais do Carnaval, p. 62] é artista russa.

 

Mônica Manir [13 mil volts, p. 66] é jornalista com mestrado e doutorado em bioética. Ilustração de Beto Nejme.

 

Ilustração de Esquinas por Andrés Sandoval.