diz aí, mestre

vultos da Copa

Da várzea à taça

Em série de vídeos da piauí, grandes jogadores recuperam histórias de seus mundiais e iluminam a maior paixão coletiva do Brasil

amor e ódio

Do inferno ao céu, de chuteiras

Os campeões mundiais Nilton Santos e Tostão e o técnico do time de 82 e 86, Telê Santana, investigam a relação do torcedor brasileiro com a sua seleção

os craques

O craque segundo Tostão

Uma das estrelas da Copa, o português Cristiano Ronaldo é um gênio ou um bom jogador? Tostão, titular da seleção do tri em 70, explica a diferença

Didi ensina a arte do meia-armador, aquele que Tite não tem

A definição de um meia-armador clássico pelo gênio do Botafogo e da seleção bicampeã mundial em 58 e 62

Garrincha treinava, mas não ouvia o professor

Nilton Santos, Zezé e Aymoré Moreira recuperam as histórias do mais habilidoso – e o que menos se levava a sério – ponta-direita que o Brasil já viu

Dario, o órfão, ex-ladrão e ex-grosso que virou Dadá

O campeão mundial em 70 relembra o seu começo no futebol, do primeiro chute aos 19 anos ao técnico que percebeu nele, apesar dos tropeções, um goleador

vultos da Copa

Fora de campo, o protagonista

Dois dos maiores técnicos do Brasil, Flávio Costa, da seleção de 50, e Telê Santana, de 82 e 86, explicam o papel do “professor” dentro e fora de um Mundial

os erros

45 anos de pena por um palpite errado

Titular da seleção de 50, Barbosa lembra o quanto custa o erro de um goleiro numa Copa do Mundo; De Gea é candidato a descobrir

momentos históricos

O jogo da virada

Didi, Joel e Bellini reconstituem a arrancada para o primeiro título mundial do Brasil

Outro 1 a 2 em Copa, 68 anos atrás

Zizinho, Barbosa, Nilton Santos e o técnico Flávio Costa reconstituem as horas seguintes ao Maracanaço, a tragédia do Mundial de 1950

a tensão

Bellini ensina a disfarçar o nervosismo em jogo de Copa

Zizinho, Nilton Santos, Telê Santana e o capitão de 58 medem a tonelagem da pressão sobre o jogador do Brasil em um Mundial

Jogador malandro e sem cabeleireiro

Zizinho, eleito o melhor do Mundial de 50, e Dadá Maravilha, da seleção de 70, relembram as manhas para infernizar a vida dos zagueiros numa Copa, sem precisar de laquê

a tristeza

Quando a Copa termina antes da hora

Nilton Santos e Zezé Moreira lembram a pancadaria na eliminação do Brasil em 54 e a desolação de deixar um Mundial no meio do caminho

Uma finta na idade

Zizinho e Ademir da Guia falam da dor de deixar os gramados e das artimanhas do craque para adiar o fim da carreira

Últimas Mais Lidas

Para ouvir as vozes da guerra síria

Autora de livro sobre o conflito, repórter destaca necessidade de valorizar  histórias das vítimas  

Foro de Teresina no Festival Piauí de Jornalismo: aguarde

Edição especial do podcast, gravada ao vivo em São Paulo, será publicada nos próximos...

“Ilhas de jornalismo independente” resistem numa Hungria autoritária

Para jornalista Tamás Bodoky, controle do parlamento e da mídia ajudou a construir regime...

Na Turquia de Erdogan, o desafio de ser mulher e jornalista

Processada por autoridades de seu país, repórter Pelin Ünker relata cenário de perseguições e...

O conservadorismo autoritário que sufoca a democracia na Polônia

Para jornalista polonês,  discurso de ódio e LGBTfobia são traços comuns entre governo de...

Quando mídia, ciência e universidade viram “inimigos”

Jornalista Jane Mayer aponta estratégias para reagir aos ataques de Trump à imprensa americana

Rodrigo Maia: um olho nos Bolsonaros, o outro em 2022

Presidente da Câmara diz que Temer operou impeachment de Dilma e que, se quisesse...

Na Venezuela, o medo na pauta cotidiana

Repórter Beatriz Adrián detalha perseguições à imprensa em seu país e dificuldades para exercer profissão

Foro de Teresina #71: Janot e o acordão, #Lulapreso e a p*rra das árvores

O podcast de política da piauí discute os principais fatos da semana

Comprova: Terras indígenas em Rondônia não foram vendidas a empresa irlandesa

Contrato foi anulado pela Justiça e era, na verdade, para venda de créditos de...

Mais textos
2

Fala grossa e salto fino

As façanhas de Joice Hasselmann, do rádio ao Congresso

3

Entre a cruz e a motosserra

Na Amazônia profunda, missionária católica enfrenta a falta de padres, os pastores evangélicos e o desmatamento, enquanto papa faz Sínodo sobre a região

4

Letra preta

Os negros na imprensa brasileira

5

Rodrigo Maia: um olho nos Bolsonaros, o outro em 2022

Presidente da Câmara diz que Temer operou impeachment de Dilma e que, se quisesse ser presidente a qualquer custo, teria sido em 2017

8

Foro de Teresina #72: Bolsonaro contra o PSL, o governo contra a imprensa, e o Sínodo pela Amazônia

O podcast de política da piauí comenta os principais fatos da semana

10

Quando mídia, ciência e universidade viram “inimigos”

Jornalista Jane Mayer aponta estratégias para reagir aos ataques de Trump à imprensa americana

questões raciais

Letra preta

Os negros na imprensa brasileira

Yasmin Santos

diário

Uma certa civilidade

A vitória de Lula e os primeiros dias da transição do poder

Fernando Henrique Cardoso

vultos da república

Fala grossa e salto fino

As façanhas de Joice Hasselmann, do rádio ao Congresso

Thais Bilenky

carta de buenos aires

Estupor e tremores

A eleição presidencial e a vertigem econômica na Argentina

Josefina Licitra

questões ambientais

E se parássemos de fingir?

O apocalipse climático está chegando. Para nos prepararmos, precisamos admitir que não somos capazes de evitá-lo

Jonathan Franzen

tribuna da história

O colapso

A abertura acidental do Muro de Berlim, há trinta anos

Mary Elise Sarotte

anais da literatura

Fumando com o rei em Estocolmo

Quando a poeta Wislawa Szymborska ganhou o Nobel

Anna Bikont e Joanna Szczesna

chegada

Aulas de bolsonarismo

De olho em 2020, PSL ensina filiados a ser de direita

Luigi Mazza

piauí herald

The BolsozApp Herald

A rede social mais patriótica do Brasil

Lennongário RibaCartney

quadrinhos

Brasil acima de tudo, jazz acima de todos

Mais um capítulo dos diários de Leonard Plume

Reinaldo Figueiredo
Edição Completa