Na revista

piauí_63

Dezembro_2011

ou
Ver Todas

anais do poder e da saúde

“A vida não é fácil. Nunca foi”

Como Dilma Rousseff recebeu a notícia de que tinha câncer. E como Lula reagiu quando ela lhe disse que tinha “uma coisinha importante para contar”

Ricardo Batista Amaral

questões telejornalísticas

Com Roberto Marinho

Minhas três décadas de trabalho na construção da Rede Globo, ao lado do dono

José Bonifácio de Oliveira Sobrinho

questões político-literárias circunvizinhas

Comigo não

Beatriz Sarlo, a voz do contra na Argentina

Carol Pires

lapsos de memória

Meus verões na equipe de natação

Tenho certeza de que meu pai me dizia uma porção de coisas normais enquanto eu estava crescendo, mas o que mais me marcou, provavelmente porque ele a repetiu mais ou menos 10 mil vezes, foi: “Tudo o que você toca vira bosta”

David Sedaris

questões neuroludopédicas

O chute

Com a ideia fixa de fazer um menino paralítico andar na abertura da Copa do Mundo, Miguel Nicolelis vai deixando aliados pelo caminho

Bernardo Esteves

diário da Dilma

No, I don’t care!

Os ocupantes do asfalto ocidental defendem causas múltiplas e ideias que misturam presente e futuro

63

questões de infraestrutura energética

O iraquiano que foi para o frio

Como Farouk al-Kasim venceu a doença holandesa e desenvolveu o modelo norueguês de gerir as riquezas petrolíferas sem desequilibrar a economia

Branca Vianna

questões estético-espeleológicas

Capela Sistina subterrânea

Sentimos nas paredes da gruta, pintadas por nossos longínquos antepassados, o desejo profundo de que a ordem do mundo durasse para sempre

Zbigniew Herbert 

quadrinhos picantes

Aline & Bob, os tarados

Robert Crumb

questões retórico-políticas

Todas as coisas são de todos

De Spartacus à Praça Tahrir, passando por Robespierre, Thoreau, Touro Sentado, Zapata, Adorno, Einstein, Drummond e o iraquiano que jogou o sapato em Bush, a força das palavras rebeldes numa seleta atualizada e abrasileirada

Andrew Hsiao e Audrea Lim

ficção

Presença

Ele chegou do mesmo jeito como voltava do trabalho todos os dias, o terno escuro amassado, a gravata meio torta, um ar de cansaço no rosto. Senti uma alegria imensa quando ouvi o barulho familiar das chaves e depois meu pai entrou pela porta

André Cardoso

chegada_2012 despedida_2011

A voz chegou à praça…

A erupção que abalou o mundo árabe e a história dando um de seus saltos mais singulares

Dorrit Harazim

despedida_2011 chegada_2012

… E a praça mudou de voz

Os ocupantes do asfalto ocidental defendem causas múltiplas e ideias que misturam presente e futuro

Dorrit Harazim

esquina

História mal contada

Quanto mais se mexe no caso do Banco PanAmericano, mais sinistro ele fica

Consuelo Dieguez

É o Kumon, gente!

Bruno Covas recorre a parentesco e método japonês para ganhar a Prefeitura de São Paulo

Daniela Pinheiro

Habermas pela manhã

Do que falam os passageiros do Massa Crítica, o ônibus que faz a linha São Paulo–Unicamp

Bruno Moreschi

A lista de Giselle

A estudante que virou guardiã de pit bulls estropiados e outras feras feridas

Fábio Fujita

Catolicismo clandestino

Padre Li quer voltar a celebrar a missa em mandarim no Rio

Bernardo Esteves

Goiano atômico

Em Fukushima, um brasileiro teve de fugir pela segunda vez do césio-137

Guilherme Pavarin

A Eurico deu pé

Nem todos estão atrás de sapatos na loja especializada em tamanhos GG

Luiz Henrique Ligabue

piauí herald

The BolsozApp Herald

A rede social mais patriótica do Brasil

Olegário Ribamar

cartuns

Cartuns de Alberto Montt

Alberto Montt

poesia

As durações da casa

Julia de Souza

não ficção

Tornar-se Palestina

Gaza parecia fechada com cadeado, e a chave havia sido engolida por Israel

Lina Meruane

chegada

O infortúnio de João Gostoso

Pesquisadores encontram reportagens que motivaram poema de Manuel Bandeira

Armando Antenore

despedida

Réquiem para um motel

Roberto Carlos e Sonho de Valsa imperavam no VIP's

Marcos de Azambuja

anais da apicultura

Operação zangão

O combate ao furto de abelhas no interior de Minas Gerais

Leonardo Pujol

vultos do teatro

Betossauro

A força e a graça da atriz Bete Coelho

Rafael Cariello

tribuna da história

A hora dos descontentes

Por medo da diversidade, o Leste Europeu deixou de ver o liberalismo como modelo

Ivan Krastev

história pessoal

Memórias da China

Uma brasileira conta como viveu, aos 14 anos, os protestos da Praça da Paz Celestial, em 1989

Adriana Erthal Abdenur

diário

Caleidoscópio da abertura

No final do governo militar, as articulações para conduzir Tancredo Neves à Presidência

Celso Furtado

questões geopolíticas

Terra desolada

O que o Brasil deixou para trás no Haiti

Fabio Victor

temas político-literarios de la periferia

Conmigo no

Beatriz Sarlo, la voz de la oposición en Argentina

Carol Pires

poesia

Manual do estilo desconfiado

Até segunda ordem, todo texto é suspeito

Fernando Paixão

cartuns

Ho! Ho! Ho!

Caco Galhardo

cartuns

Cartuns de Pablo Martins

Pablo Martins

colaboradores

Rou! Rou! Rou!

Uma edição não só natalina como de final de ano

Pablo Martins